Modelo de plano de negócios para entidades sem fins lucrativos

O sucesso não acontece por acaso, ele é planejado. Mantenha o foco no trabalho que contribui para a missão da sua organização sem fins lucrativos com um modelo de plano de negócios.

Usar o modelo

INTEGRATED FEATURES

list iconVisualização de listagoal iconMetasmilestone iconMarcosfield-add iconCampos personalizados

Recommended apps

Logomarca do Slack
Slack
Logomarca do Google Workspace
Google Workplace
Ícone da Microsoft
OneDrive
Dropbox
Dropbox

Compartilhar
facebooktwitterlinkedin

Assim como qualquer negócio, as organizações sem fins lucrativos dependem de planos de negócios para captar recursos e não desviar da sua missão. Mas, apesar de geralmente operarem de forma semelhante a uma empresa tradicional, as entidades sem fins lucrativos precisam de um plano de negócios que evidencie aspectos um pouco diferentes da sua organização. Por exemplo, para elas, é muito importante demonstrar os gastos para que os doadores, membros do conselho e órgãos governamentais vejam que o dinheiro está sendo usado para cumprir a missão. Neste artigo, vamos mostrar o que incluir no modelo personalizado para entidades sem fins lucrativos, e como usá-lo para levar a sua missão adiante. 

[Interface do produto] Modelos de planejamento de projeto — Planejamento de projeto simples (listas)

O que é um modelo de plano de negócios para entidades sem fins lucrativos?

Trata-se de um modelo que proporciona uma visão estratégica da entidade sem fins lucrativos. É um detalhamento de todas as informações importantes sobre a organização, como o conselho administrativo e a principal missão. Use o seu modelo de plano de negócios para fornecer uma visão geral da missão e das estratégias para a sua equipe, o conselho, possíveis doadores e agências de fomento.

Modelo de plano estratégico vs. plano de negócios para entidades sem fins lucrativos

O modelo de plano de negócios é um pouco diferente do modelo de plano estratégico. A principal diferença é que o plano de negócios tem um foco maior na ação e o plano estratégico é propositalmente mais abrangente. Você usará este segundo modelo para criar planos estratégicos voltados para o público que mostrarão a abordagem geral da sua organização para alcançar a missão, a exemplo de uma estratégia global mencionada no seu site. 

Os modelos de plano estratégico e de negócios têm algumas seções semelhantes, por exemplo, a principal missão. Porém, o plano de negócios para entidades sem fins lucrativos também deve incluir planos de ação relevantes, como o plano de captação de recursos e a estratégia de marketing. Geralmente, o plano de negócios é compartilhado com as partes interessadas internas e parceiras, e não com o público geral. Pense no seu plano de negócios como um roteiro ou um plano operacional de alto nível: ele indica o que está sendo feito para alcançar a missão da entidade e os passos que estão sendo tomados para ir mais além.

Modelo gratuito de plano estratégico para entidades sem fins lucrativos

Por que os modelos de plano de negócios para entidades sem fins lucrativos são importantes? 

As entidades sem fins lucrativos sabem fazer muito com pouco, e um modelo de plano de negócios descreve como se alcança essa proeza. Criar o seu próprio modelo traz muitos benefícios, entre eles:

  • Transparência. A visibilidade é uma peça fundamental para engajar os doadores e membros do conselho. Os planos de negócios apresentam o trabalho que está sendo feito e por que as pessoas deveriam se importar com ele.

  • Redução do tempo gasto com a organização para o trabalho. As entidades sem fins lucrativos nem sempre têm os mesmos recursos que as empresas com fins lucrativos. Por isso, deixar mais tempo para os funcionários trabalharem nas tarefas de maior impacto é importante não só para os resultados, mas também para a sua missão geral. 

  • Ter um ponto central de referência. As organizações sem fins lucrativos respondem constantemente a pedidos de informações sobre as suas finanças, missão e estrutura. Com estas informações compiladas em um software de gestão de projetos, você pode criar um modelo de plano de negócios e compartilhá-lo com quem perguntar, sem ter nenhum trabalho adicional.

Economize 50% na Asana

Junte-se à Asana para obter mais recursos para a sua missão. O programa Asana para entidades sem fins lucrativos ajuda essas organizações a realizar mais trabalhos cruciais à sua missão. As organizações elegíveis poderão economizar 50% do valor referente a um ano de assinatura de um plano Premium ou Business, além de ter acesso gratuito a muitos recursos Asana.

Learn more

Como criar um modelo de plano de negócios para entidades sem fins lucrativos

O seu modelo de plano de negócios deve incluir todas as informações relevantes sobre o funcionamento da sua organização. Se estiver usando uma ferramenta digital, como um software de gestão de projetos, não se esqueça de anexar documentos e projetos relevantes. O modelo é basicamente um esboço do plano de negócios que você preencherá no processo de planejamento. 

Ao elaborar o seu modelo de plano de negócios para entidades sem fins lucrativos, inclua as seções a seguir para aproveitar ao máximo o seu modelo.

Descrição da entidade sem fins lucrativos

Descreva as informações básicas da sua estrutura organizacional:

O que fazemos

Liste os itens relacionados com o que a organização faz, inclusive relatórios que demonstrem os resultados. Por exemplo, você pode incluir: 

  • Principal problema que solucionamos;

  • Público que alcançamos;

  • Resultados anteriores;

  • Modelo de negócio;

  • Metas.

Planejamento de marketing

Este é o espaço para a sua estratégia de marketing (os métodos que serão usados para alcançar o público-alvo) e as análises usadas para desenvolver essa estratégia. Aqui, você pode anexar: 

  • Pesquisa do mercado-alvo; 

  • Público-alvo e mensagens para as redes sociais; 

  • Análise de mercado (incluindo uma análise competitiva);

  • O seu posicionamento (sobre questões delicadas relacionadas à sua missão);

  • Plano de divulgação.

Planejamento financeiro

Entidades sem fins lucrativos precisam ter muita clareza em relação à forma como utilizam o dinheiro. A transparência nas declarações de finanças traz confiança aos possíveis doadores e, com isso, você pode alcançar as suas metas de arrecadação e melhorar as projeções financeiras. Veja o que incluir nesta seção:

  • Orçamento;

  • Demonstração de rendimentos;

  • Demonstração de fluxo de caixa;

  • Plano de gestão dos recursos angariados;

  • Projeções e plano de captação de recursos.

Recursos integrados

  • Visualização de lista. Uma visualização tipo grade que facilita a visualização imediata de todas as informações do projeto. Tal qual uma lista de pendências ou uma planilha, a visualização de lista exibe todas as tarefas ao mesmo tempo para que se possa ver os títulos das tarefas e as datas de conclusão, além de quaisquer campos personalizados relevantes, tais como prioridade, status, entre outros. Favoreça uma colaboração descomplicada dando a toda a sua equipe visibilidade sobre quem está fazendo o quê, e quando.

  • Metas. Na Asana, as metas estão associadas diretamente ao trabalho necessário para alcançá-las, facilitando que os membros da equipe visualizem o fruto das suas próprias contribuições. Afinal, muitas vezes as metas parecem distantes do trabalho que realizamos para atingi-las. Com a equipe e as metas da empresa conectadas ao trabalho subjacente, os membros têm acesso em tempo real e clareza sobre a contribuição dos seus próprios esforços para o sucesso da equipe e da empresa. Assim, eles ficam mais capacitados para tomar decisões melhores, identificando quais são os projetos alinhados à estratégia da empresa e priorizando os trabalhos que oferecem resultados mensuráveis.

  • Marcos. Os marcos representam momentos importantes do projeto. Com marcos definidos ao longo do projeto, você possibilita que os membros da equipe e as partes interessadas vejam o ritmo do seu progresso em direção a uma meta. Pense nos marcos como uma oportunidade de celebrar pequenas vitórias no percurso que levará à meta mais significativa do projeto.

  • Campos personalizados. Campos personalizados são a melhor maneira de identificar, organizar e filtrar trabalhos. Crie campos personalizados únicos para cada informação que precisar acompanhar — desde a prioridade e o status até o e-mail ou número de telefone. Use campos personalizados para organizar e programar os seus afazeres e saber em que trabalhar primeiro. Além disso, compartilhe os campos personalizados entre as tarefas e os projetos para garantir consistência na organização.

Aplicativos recomendados

  • Google Workplace. Anexe arquivos diretamente a tarefas na Asana com o seletor de arquivos do Google Workplace, já integrado ao painel de tarefas da Asana. Em poucos cliques, você poderá anexar qualquer arquivo do Meu Drive.

  • OneDrive. Anexe arquivos diretamente a tarefas na Asana com o seletor de arquivos do Microsoft OneDrive, já integrado ao painel de tarefas da Asana. De modo simples, você poderá anexar arquivos do Word, Excel, PowerPoint, etc.

  • Dropbox. Anexe arquivos diretamente às tarefas na Asana com o seletor de arquivos do Dropbox, já integrado ao painel de tarefas da Asana.

  • Slack. Transforme ideias, pedidos de trabalho e coisas a fazer do Slack em tarefas e comentários monitoráveis na Asana. Transforme breves perguntas e afazeres em tarefas com atribuição de responsáveis e datas de conclusão. Registre os trabalhos com facilidade para que não fiquem perdidos no Slack.

Perguntas frequentes

Como elaborar um modelo de plano de negócios para entidades sem fins lucrativos?

Primeiro, crie o seu modelo com seções para o sumário executivo, declaração de missão e propósito, planos de marketing e finanças. Depois, quando estiver tudo pronto para elaborar o plano, preencha os espaços e personalize o modelo de acordo com a sua organização.

Entidades sem fins lucrativos precisam de planos de negócios?

Sim, as organizações sem fins lucrativos geralmente têm planos de negócios. Os planos de negócios destas fornecem uma visão geral das estratégias da organização e podem ser usados para compartilhar as conquistas e metas com as partes interessadas. Você só precisa criar o modelo de plano de negócios uma vez. Depois, poderá reutilizá-lo sempre que precisar criar um novo plano para a sua organização.

Como os planos de negócios ajudam as empresas a se engajarem com as organizações sem fins lucrativos?

Os planos de negócios mostram às empresas o impacto da sua organização, inclusive como serão utilizadas as eventuais doações feitas pelas empresas. Muitas vezes, as corporações querem ver os números antes de decidir investir em uma entidade, e o plano de negócios pode ajudar a compartilhar essa informação.

O que deve constar em um modelo de plano de negócios para entidades sem fins lucrativos?

Inclua um resumo geral da sua organização, além dos planos práticos, como o sumário executivo, missão e propósito, estratégia de marketing e planejamento financeiro.

Crie modelos com a Asana

Saiba já como criar um modelo personalizável na Asana com uma avaliação gratuita do Premium.

Começar