Modelo de calendário de conteúdo da AppLovin

Template created by AppLovin

Logo da AppLovin

AppLovin, plataforma líder em marketing para dispositivos móveis, usa a Asana para gerir toda a sua produção de conteúdo. Use o modelo criado pela empresa para monitorar o tipo de conteúdo, o status do trabalho e o canal principal de tudo o que a sua equipe publica a cada mês.

Usar o modelo

INTEGRATED FEATURES

calendar iconCalendáriodependency iconDependênciasfield-add iconCampos personalizadossubtask iconSubtarefas

Recommended apps

Ícone do Figma
Figma
Logomarca do Google Workspace
Google Workspace
Logomarca do Slack
Slack
Ícone do Zoom
Zoom

Compartilhar
facebooktwitterlinkedin

Com tantos participantes, repasses de atividades e aprovações a gerir, a publicação de conteúdo pode parecer um verdadeiro malabarismo. Contudo, embora a produção de conteúdos seja complexa, ela não deve parecer algo fora de controle. Um calendário de conteúdos eficaz ajuda a monitorar as partes dinâmicas, repassar sem problemas as tarefas entre equipes e a publicar o conteúdo no prazo, todas as vezes. 

Vale a pena aprender com os especialistas ao se criar um calendário de conteúdo. É por isso que firmamos uma parceria com a AppLovin, uma plataforma líder em marketing para dispositivos móveis que usa a Asana para gerir toda a sua produção de conteúdo. Use o modelo de calendário de conteúdos para simplificar o processo de publicação e coordenar tudo o que a sua equipe publica a cada mês. 

Captura de tela do modelo de calendário de conteúdo da AppLovin

Por que usar o modelo de calendário de conteúdo da AppLovin?

Um modelo de calendário de conteúdo é um guia que ajuda a planejar e otimizar o processo de criação de conteúdo da sua equipe. Esta estrutura predefinida inclui as práticas recomendadas para gerir a produção de conteúdos, visualizar tudo aquilo que a equipe está fazendo e agilizar os repasses entre os diferentes participantes e equipes. E, se você não sabe por onde começar, o modelo de calendário de conteúdo da AppLovin também lhe confere os elementos fundamentais para criar — e depois personalizar — um calendário eficaz para a sua equipe.

Tenha uma perspectiva ampla de cada entregável

Um calendário de conteúdo é o espaço em que se planeja e executa cada peça de conteúdo do cronograma de publicação da equipe. Visando ajudar você a visualizar todos os aspectos dinâmicos, este modelo inclui tags personalizadas para acompanhar detalhes essenciais, como tipo de conteúdo, status do conteúdo e do design. Desta forma, você vê o estágio onde se encontra cada ativo e o que se segue para a sua equipe. 

Padronize o processo de criação de conteúdo

Com o modelo de calendário de conteúdo da AppLovin, a sua equipe pode fazer mais do que apenas monitorar o conteúdo: pode também criar o fluxo de trabalho que vocês usarão para transferir o conteúdo da fase de ideação para a publicação, ou seja, a sua equipe poderá seguir um conjunto predefinido de etapas a cada novo ativo, incluindo de esboço, revisões, tradução, aprovações, repasses de design e muito mais. Além disso, você poderá identificar os proprietários de cada etapa, para que não haja confusão sobre quem é responsável pelo quê. 

Repasse tarefas entre as equipes de maneira ininterrupta

Quando se trabalha com equipes interdisciplinares, como de projeto ou jurídico, os repasses de atividades podem ser complexos. Por vezes, os membros da equipe ficam esperando que as tarefas sejam concluídas antes de poderem fazer a sua parte, mas repassar atividades verbalmente é maçante demais para se acompanhar e lembrar. Com o modelo de calendário de conteúdo da AppLovin, é possível agilizar o processo de repasses com dependências — automatizações que “passam o bastão” para o próximo membro da equipe. Quando uma tarefa é marcada como dependente de outra, a pessoa à espera da sua vez receberá uma mensagem automática na Asana dizendo quando pode começar a trabalhar. 

quotation mark
Ao gerir o nosso calendário de conteúdo na Asana, vemos tudo o que está saindo em determinado mês, qual canal é usado e o seu progresso de desenvolvimento. Os modelos de tarefas para cada tipo de conteúdo garantem que não percamos nenhuma etapa crítica no processo de cada entregável.”
Lewis Leong, gestor de projeto de marketing da AppLovin

Elementos principais do modelo de calendário de conteúdo da AppLovin

O modelo de calendário de conteúdo da AppLovin é um excelente ponto de partida para começar a montar os seus próprios fluxos de trabalho de conteúdo. Estas são algumas práticas recomendadas a ter em conta ao personalizar o modelo segundo as suas necessidades específicas:

  • Identifique informações imediatas que a sua equipe precisa para monitorar o conteúdo. Vocês precisam ver o status do conteúdo, tipo de conteúdo, data de publicação e os principais participantes de cada tarefa? E quanto à prioridade do conteúdo e tamanho do projeto? Usar um modelo com tags personalizadas coloridas para cada categoria pode facilitar o monitoramento rápido do trabalho.

  • Liste as etapas necessárias para produzir cada tipo de conteúdo. Leve em conta as etapas necessárias para os artigos de blog, boletins informativos, páginas de abertura ou outros tipos de ativo. Depois, crie tarefas-modelo para cada tipo de conteúdo e termine com um cronograma de trabalho que delineie cada etapa do processo. Sempre que a sua equipe começar a trabalhar num novo ativo, ela poderá simplesmente copiar a tarefa-modelo e entrar em ação.

  • Identifique os principais participantes. Determine quem é responsável por cada etapa da criação do conteúdo e, em seguida, atribua a esses participantes tarefas com datas de conclusão concretas. Inclua os participantes nas suas tarefas-modelo para que os membros da equipe saibam sempre a quem recorrer, e quando.

  • Planeje o roteiro de conteúdo. Crie marcos para identificar grandes lançamentos e remover entraves antes que eles afetem o cronograma geral. Conforme você planeja, alterne entre diferentes visualizações de projeto para exibir o seu calendário mensal como uma linha do tempo estilo Gantt, lista, quadro Kanban e muito mais. 

Recursos integrados

  • Visualização de calendário. É um modo de visualização de projeto que permite ver todas as atividades futuras e passadas em um formato de calendário. Monitore claramente o que está sendo feito e os prazos que se aproximam. Forneça às partes interessadas informações sobre a data de conclusão de cada tarefa e a cadência geral dos trabalhos programados do projeto. Depois, clique na tarefa para ver mais informações, como campos personalizados relacionados, dependências, subtarefas, etc.

  • Dependências. Use as dependências para marcar que uma tarefa está aguardando a conclusão de outra. Assim, ficará mais fácil identificar os momentos em que o seu trabalho impede a realização do trabalho de outra pessoa, e você poderá ajustar prioridades com base nisso. Membros de equipes que contam com fluxos de trabalho colaborativos conseguem ver quais tarefas precisam ser previamente concluídas pelos seus colegas, e recebem avisos quando a tarefa precedente estiver concluída e puderem começar os seus próprios trabalhos. Além disso, se a tarefa que está bloqueando o seu trabalho for reagendada, você receberá uma notificação da Asana para avaliar se é necessário ajustar a data de conclusão da tarefa dependente também. 

  • Campos personalizados. Estes componentes são a melhor forma de rotular, classificar e filtrar o trabalho. Crie campos personalizados exclusivos para qualquer informação necessária: prioridade, status, e-mail ou número de telefone, etc. Utilize os campos personalizados para ordenar e agendar os seus afazeres, assim você fica sabendo o que fazer primeiro. Além disso, compartilhe os mesmos campos personalizados em diferentes tarefas e projetos para assegurar a consistência por toda a organização.

  • Subtarefas. Às vezes, um afazer é grande demais para se resumir a uma só tarefa. Se uma tarefa tiver mais de um responsável, uma data de conclusão distante ou participantes que necessitem rever e aprovar a tarefa antes da sua publicação, pode ser útil usar subtarefas. Elas são uma forma eficaz de distribuir o trabalho e dividir as tarefas em componentes individuais, ao mesmo tempo que mantêm a ligação de todas essas subtarefas ao contexto global da tarefa principal. Com as subtarefas, você poderá esmiuçar tarefas em componentes menores ou registrar os componentes individuais de um processo de várias etapas.

Aplicativos recomendados

  • Figma. As equipes usam a Figma para criar fluxos de usuário, wireframes, simulações de interface de usuário, protótipos e muitas outras coisas. Agora, é possível incorporar esses designs à Asana para que a sua equipe consiga consultar as peças de design mais atuais no contexto dos documentos do projeto. E, diferentemente do que ocorre com as capturas de tela, as integrações dinâmicas são atualizadas em tempo real, espelhando, assim, as alterações realizadas nos arquivos de design e eliminando os esforços relacionados à procura dos respectivos arquivos e à atualização das imagens.

  • Google Workplace. Anexe arquivos diretamente a tarefas na Asana com o seletor de arquivos do Google Workplace, já integrado ao painel de tarefas da Asana. Em poucos cliques, você poderá anexar qualquer arquivo do Meu Drive.

  • Slack. Transforme ideias, pedidos de trabalho e coisas a fazer do Slack em tarefas e comentários monitoráveis na Asana. Converta breves perguntas e afazeres em tarefas com atribuição de responsáveis e datas de conclusão. Registre os trabalhos com facilidade para que não fiquem perdidos no Slack. 

  • Zoom. A Asana e o Zoom firmaram uma parceria para ajudar as equipes a realizar reuniões mais relevantes e focadas. Com a integração Zoom + Asana, fica mais fácil preparar-se para uma reunião, ter conversas que podem ser colocadas em prática e acessar todas as informações ao final da chamada. As reuniões começam na Asana, onde as pautas de reunião compartilhadas proporcionam visibilidade e contexto sobre o que será debatido. Durante a reunião, os membros da equipe podem criar tarefas rapidamente dentro do Zoom, para que os detalhes e coisas a fazer não se percam. E, assim que a reunião termina, a integração Zoom + Asana já envia a transcrição e a gravação da reunião à Asana, para que todos os colaboradores e participantes possam rever a reunião sempre que necessário.

Perguntas frequentes

Este modelo pode ser usado para montar o calendário de conteúdo para mídias sociais?

Sim! Você pode usar o modelo de calendário de conteúdo da AppLovin para qualquer tipo de planejamento e produção de conteúdo, incluindo marketing de mídia social, marketing de conteúdo, campanhas de marketing e muito mais. Se estiver criando um calendário editorial de mídia social, você pode usar o modelo para acompanhar as próximas publicações na rede social, novas ideias de conteúdo, iniciativas para diferentes plataformas de mídia social, entre outras tarefas de planejamento associadas.

Que tipos de equipes podem usar o modelo de calendário de conteúdo da AppLovin?

Se a sua equipe administra algum tipo de produção de conteúdo, este modelo personalizável pode funcionar para vocês. Isto inclui, entre outras, equipes de marketing e de estratégia de marketing, equipes de estratégia de conteúdo, equipes de estratégia de mídia social, startups e pequenas empresas.

Quais são os benefícios de um modelo digital de calendário de conteúdo?

As planilhas de controle estáticas do Microsoft Excel e Planilhas Google são superficiais e rapidamente se tornam obsoletas. Em vez de apenas acompanhar o trabalho, o modelo gratuito da AppLovin estabelece fluxos de trabalho para que a sua equipe realmente execute os projetos delineados no cronograma de conteúdo. Com uma plataforma de gestão de trabalho como a Asana, você pode ver todo o seu trabalho em um só lugar, padronizar o processo de criação de conteúdo e agilizar os repasses entre as equipes interdisciplinares.

Dê mais força ao seu modelo

Um modelo ajuda a começar, mas uma avaliação gratuita da Asana Premium dará o impulso extra de que você pode precisar.

Cadastrar-se