Progrida na sua carreira com metas profissionais

Retrato da contribuidora Caeleigh MacNeilCaeleigh MacNeil22 de setembro de 20218 minutos de leitura
facebooktwitterlinkedin
Imagem de banner do artigo "Progrida na sua carreira com metas profissionais"
Teste já a Asana

Resumo

As metas de desenvolvimento profissional são objetivos que ajudam a progredir na carreira. Além de dar um direcionamento e um propósito ao seu trabalho, as metas ajudam a decidir o seu destino e os passos que precisa seguir para chegar lá. Neste artigo, descrevemos como criar metas profissionais significativas e mostramos exemplos da vida real dos funcionários da Asana.

Ao planejar uma viagem de carro, em que você pensa primeiro? Além de alimentação rápida, custos com combustível e talvez uma leitura agradável, o primeiro pensamento que vem à mente é o destino — afinal, é bom saber onde se quer ir antes de colocar as chaves na ignição. 

O mesmo princípio se aplica à sua carreira. É mais fácil progredir no trabalho quando se tem em mente as metas a serem alcançadas, pois objetivos claros dão direcionamento e um caminho a seguir. É por isto que as metas de desenvolvimento profissional são tão importantes: elas são uma oportunidade de decidir, de maneira intencional, o que se quer e como se chegará lá. 

O que são as metas de desenvolvimento profissional? 

Metas de desenvolvimento profissional são objetivos concretos que você deseja alcançar na carreira. Elas costumam ser uma combinação de metas de curto prazo (como fazer um curso em um mês) e de longo prazo (como se tornar gerente nos próximos dois anos). 

As metas de carreira de longo prazo são uma estrela-guia, enquanto que as de curto prazo dividem o trabalho em etapas mais imediatas e realizáveis. 

Leia: A importância de definir metas de curto prazo, com exemplos

Qual é a importância das metas de desenvolvimento profissional? 

Pode ser fácil continuar fazendo a mesma coisa de sempre, ou apenas aproveitar as oportunidades que surgem no nosso caminho. Mas fazer isso a longo prazo pode levar rapidamente a um sentimento de insatisfação e falta de direção no trabalho. 

Criar metas claras nos faz pensar no que queremos, e assim buscar um cargo ou uma carreira que realmente traga satisfação. E é nesse sentido que as metas profissionais dão direcionamento e propósito ao seu trabalho, pois ao defini-las, você sabe que está trabalhando rumo ao que quer, de fato, alcançar. 

As metas também ajudam com a motivação inerente à natureza destas. Quando psicólogos testaram o impacto de diferentes técnicas motivacionais no desempenho grupal, descobriram que o estabelecimento de metas foi uma das mais efetivas. O simples ato de definir algumas metas específicas e ambiciosas elevou o desempenho dos participantes à casa dos 80%.

quotation mark
Experimentar coisas novas nos faz crescer. Mesmo que alcancemos ou não uma meta específica, a coragem de tentar e obter sucesso — ou falhar — desenvolve resiliência, caráter e a energia necessária para nos impulsionar nas nossas carreiras.”
Liliana Blanco, gestora do programa de inclusão e senso de pertencimento na Asana

Três passos para estabelecer metas profissionais significativas

Para estabelecer as melhores metas, primeiro é preciso refletir sobre os seus objetivos. Veja como detalhar as suas aspirações de carreira e decidir quais objetivos deseja buscar. 

1. Identifique os seus valores

Basear as metas de desenvolvimento profissional nos seus valores fundamentais traz diariamente uma sensação maior de satisfação, pois o seu esforço será direcionado a algo que realmente importa na sua vida. Quando as suas metas e valores estão alinhados, você tem menos probabilidade de sofrer esgotamento psicológico e mais de manter a motivação

Primeiramente, é preciso identificar os seus valores. Um bom ponto de partida é perguntar-se o que é mais importante na sua vida e que tipo de trabalho anterior trouxe maior sentimento de satisfação. Pense com sinceridade e tente separar os seus valores pessoais daquilo que “deveria” querer ou que causaria uma melhor impressão em uma análise de desempenho. 

Caso sinta bloqueios nesta etapa, experimente estes exercícios: 

  • Imagine o seu “futuro eu” ideal e escreva frases no presente sobre ele nesse momento futuro. Por exemplo: “Eu sou honesto(a)”, “Eu ajudo outras pessoas a crescerem” ou “Eu desenvolvo novas ideias”. Procure escrever três afirmações e, depois, organize-as nos seus respectivos valores (p. ex.: honestidade, liderança e criatividade). 

  • Escreva as conquistas das quais mais se orgulha e combine-as aos valores que representam. Por exemplo: caso um dos momentos mais felizes da sua carreira tenha sido reformular e otimizar o processo de integração da sua equipe, dois dos seus valores podem ser eficiência e organização. 

2. Imagine o seu cargo ideal no trabalho 

Agora que já identificou os seus principais valores, você pode começar a pensar mais especificamente sobre como eles poderiam se manifestar na sua carreira. Comece perguntando-se o seguinte:

  • O que eu quero fazer mais?

  • O que eu quero fazer menos?

  • Que tipo de trabalho me dá mais satisfação?

  • Qual seria um dia ideal de trabalho para mim?

  • Em que áreas eu me destaco?  

Permita-se o tempo necessário para pensar nisto; não é necessário determinar tudo de imediato. É normal que você (e as suas metas) mudem ao longo do tempo, então lembre-se de que um ritmo gradual faz parte do processo.

3. Escreva as suas metas

Depois de fazer este trabalho interno, deve ser mais fácil definir metas de carreira. Agora você já tem uma ideia dos seus valores e objetivos e de como esses valores podem se aplicar à sua carreira profissional, então, vamos transformar esse conhecimento em metas de curto e de longo prazo. 

Plane-se para definir primeiro as metas de longo prazo e, depois, detalhe-as em metas de curto prazo mais realizáveis no momento atual. Pense nas suas metas de longo prazo como o lugar aonde você chegar e nas de curto prazo como os degraus da escada que levará lá. Por exemplo: se você valoriza honestidade e conexão interpessoal, a sua meta de longo prazo pode ser se tornar um gerente com quem as pessoas possam contar e em que possam confiar. No curto prazo, isso pode significar fazer um curso de gestão de pessoas ou explorar oportunidades de liderança na sua empresa. 

Sejam os seus objetivos imediatos ou futuros, assegure-se de que sejam SMART; ou seja, estejam alinhados com a sigla e estrutura de metas SMART: são specific (específicas), measurable (mensuráveis), achievable (alcançáveis), realistic (realistas) e time-bound (com prazos determinados). Veja exemplos de metas profissionais SMART de curto e de longo prazo: 

Longo prazo

  • Tornar-se gerente com pelo menos um subordinado direto dentro dos próximos 15 meses. 

Curto prazo

  • Tomar um café e pedir conselhos a um gerente que admiro ainda esta semana.

  • Neste mês, conversar com o meu gerente sobre possíveis oportunidades de liderança no meu cargo atual. 

  • Nos próximos dois meses, fazer um curso de gestão de pessoas.

Leia: Escreva metas SMART melhores com estas dicas e exemplos

Exemplos de metas profissionais

Caso não consiga avançar, veja alguns tipos diferentes de metas de desenvolvimento profissional, com exemplos específicos. 

Melhorar as suas habilidades de gestão do tempo

  • Longo prazo: incluir até quatro horas de trabalho concentrado ininterrupto por dia ao longo dos próximos seis meses.   

  • Curto prazo: durante este mês, reservar 90 minutos para momentos de foco matinal ininterrupto. 

Encontrar novos desafios no seu cargo

  • Longo prazo: gerenciar um novo projeto ou processo neste ano. 

  • Curto prazo: nas próximas cinco semanas, fazer um curso de gestão de projetos

Assumir uma nova oportunidade de liderança

  • Longo prazo: criar este ano um programa de estágio para o seu departamento. 

  • Curto prazo: nesta semana, entrar em contato com 10 escolas para explorar possíveis parcerias. 

Aprender uma nova habilidade

  • Longo prazo: aprender Javascript nos próximos seis meses. 

  • Curto prazo: neste mês, ler um livro de introdução ao Javascript e fazer todos os exercícios de prática. 

Melhorar o equilíbrio entre vida pessoal e profissional

  • Longo prazo: neste ano, estabelecer limites claros entre a sua vida em casa e no trabalho. 

  • Curto prazo: esta semana, desconectar-se completamente do trabalho todos os dias até as 17h30. 

Promover a colaboração da equipe

  • Longo prazo: identificar duas oportunidades de colaboração entre funções por membro da equipe nos próximos 12 meses.

  • Curto prazo: criar esta semana uma reunião diária recorrente com a equipe durante a qual todos possam compartilhar em que estão trabalhando. 

Expandir a sua rede profissional 

  • Longo prazo: obter 50 novas conexões no LinkedIn este ano. 

  • Curto prazo: participar de uma conferência no próximo mês para conhecer outros profissionais da indústria e melhorar as suas habilidades de comunicação

Leia: A diferença entre habilidades sociocomportamentais e habilidades profissionais: exemplos de 14 membros de equipes da Asana

Metas profissionais na vida real

Na Asana, acreditamos que as metas podem desbloquear o melhor de nós e nos ajudar a ter mais produtividade. Com isso em mente, compartilhamos histórias de três membros da Asana que usaram metas profissionais para promover o desenvolvimento das suas carreiras.  

Troca de funções em uma organização

“Uma meta profissional que estabeleci foi a de fazer a transição de uma função de gestão do risco em uma empresa de tecnologia para uma oportunidade na área jurídica. Eu achei que teria de sair da área da tecnologia e entrar em um escritório de advocacia, mas depois de buscar orientações com assistentes jurídicos e advogados na minha rede, percebi que poderia fazer a transição sem sair da minha empresa. 

Comecei a me voluntariar para trabalhar em projetos em que pudesse colaborar com a equipe jurídica interna da empresa e aprender mais sobre o trabalho dela. Fiquei atenta a vagas abertas no departamento jurídico e, finalmente, abriram duas vagas que pareciam boas para o meu conjunto de competências. Eu me candidatei a ambas as vagas e registrei na candidatura as competências que poderiam ser aproveitadas, além de enfatizá-las durante as entrevistas. Fui aceita nos dois cargos, escolhi um e tenho trabalhado na área jurídica desde então!” — Charlotte Manning, profissional de operações jurídicas da Asana 

Busca por novos desafios em um cargo

“Uma das metas profissionais mais impactantes que alcancei foi a criação e a evolução do índice Anatomia do trabalho da Asana. O que começou com uma pequena meta de criar um documento especializado de liderança consciente cresceu rapidamente para se tornar o nosso relatório de referência para a indústria, e uma das nossas campanhas anuais mais proeminentes. Graças a ele, trabalhei com múltiplos setores da organização e foquei o meu próprio conjunto de competências em campanhas de funil completo e narrativas para públicos internos e externos.” — Erin Cheng, líder de relações públicas e com analistas da Asana

Busca por uma nova graduação

“Quando eu trabalhava num museu de ciências, participei certa vez de uma reunião em que todos os líderes que estavam na sala tinham um mestrado ou um PhD, então, naquele mesmo mês, decidi que ia procurar e me inscrever em cursos de mestrado. A síndrome do impostor havia me impedido de buscar uma educação além do meu bacharelado, mas com mais de 20 anos de experiência, me senti preparada para assumir esse novo desafio. Em maio deste ano, concluí o meu mestrado em Desenvolvimento Organizacional na Universidade de São Francisco (Califórnia) e tive até o privilégio de fazer o discurso de abertura da minha formatura. 

O fato incrivelmente transformador não foi tanto o cumprimento da meta, mas sim o processo de trabalhar para alcançá-la. Ao tentar fazer algo desafiador, obtive profundas percepções sobre quem sou e o que consigo fazer. Enquanto estava no curso, tive a audácia de sonhar com uma carreira em que me concentrasse exclusivamente em trabalhos de diversidade, inclusão e senso de pertencimento. Antes mesmo de terminar o curso, passei a trabalhar exatamente com isso na Asana!” — Liliana Blanco, gestora de programas de inclusão e senso de pertencimento na Asana 

Dicas para manter as suas metas em dia

Definir metas profissionais é importante, mas conseguir segui-las é igualmente importante. 

Depois de definir as metas, experimente usar estas dicas para se ater a elas:

  • Use as metas de curto prazo para criar etapas realizáveis, principalmente se as suas metas de longo prazo forem mais abarcativas. Por exemplo: a meta “estabelecer limites claros entre a minha vida em casa e no trabalho” não é muito específica ou quantificável. Neste caso, é uma boa ideia estabelecer metas de curto prazo mais quantificáveis, que explicarão o que “limites claros” significam para você, como: “esta semana, desconectar-se completamente do trabalho todos os dias até as 17h30.” Ao criar esses marcos menores, o trabalho se torna mais fácil e a probabilidade de procrastinação diminui

  • Agende verificações de progresso frequentes. Não defina metas para se esquecer delas pouco depois; decida antecipadamente com que frequência serão verificadas para analisar o progresso rumo a cada marco. Por exemplo: caso uma das metas seja escrever 10 publicações no blog este mês, agende um horário no fim de cada semana para acompanhar o progresso. Estabelecer antecipadamente uma cadência regular de verificações ajuda a manter a responsabilização e a evitar a procrastinação. 

  • Use softwares de acompanhamento de metas. As metas funcionam melhor quando estão relacionadas ao trabalho diário. É por isso que a Asana conecta as tarefas e os projetos às metas para as quais contribuem, de forma a ficar claro de imediato por que o seu trabalho diário é importante. Ao criar uma meta profissional na Asana, é possível estabelecer uma data de conclusão e criar lembretes automatizados para atualizar o seu progresso em direção à meta. Por exemplo, é possível criar um lembrete no fim de cada semana que avisa quando for necessário atualizar o progresso rumo a uma meta mensal e, em cada meta, podem ser criadas submetas que ajudam a dividir o trabalho em partes mais fáceis de manejar. 

Crescimento com propósito

As metas de desenvolvimento profissional são uma das melhores formas de desenvolver a carreira que você quer. Estabelecer metas ajuda a decidir ativamente o que você busca e como chegará lá, para que a cada dia você saiba que está progredindo em direção a algo importante. Embora a mudança possa ser intimidadora, as metas profissionais proporcionam tranquilidade, pois com elas você tem um propósito e um caminho claros para alcançar as suas aspirações profissionais. 

Defina e alcance metas com a Asana

Recursos relacionados

Artigo

O que é um indicador-chave de desempenho (KPI)?