Gestor de produto vs. gestor de projeto: em que diferem?

Retrato de contribuidores da equipe AsanaTeam Asana15 de outubro de 20228 minutos de leitura
facebooktwitterlinkedin
Imagem do banner do artigo sobre gestor de produto vs. gestor de projeto
Ver modelos

Resumo

O gestor de produto se concentra no desenvolvimento e no lançamento de produtos, ao passo que o gestor de projeto tem o foco na coordenação, gestão e supervisão dos projetos. Neste artigo, apresentamos as principais diferenças entre as duas funções. Saiba como determinar qual função é a mais adequada à sua equipe.

Você tem curiosidade em saber as diferenças entre gestor de produtos e gestor de projeto? Embora sejam parecidas, as duas funções têm responsabilidades muito diferentes. 

O gestor de produto identifica as características e as razões de um produto, e é responsável por fazer com que os novos produtos ou recursos atendam às necessidades do cliente e aos objetivos do negócio. Por outro lado, o gestor de projeto coordena, administra e supervisiona os projetos com o foco no processo e nos prazos. 

Apesar de serem duas funções diferentes, os trabalhos do gestor de produto e do gestor de projeto se sobrepõem, muitas vezes, para entregar um projeto bem-sucedido. Vamos falar sobre as principais diferenças entre elas e explicar tudo o que é preciso saber para determinar qual delas é a ideal para o seu próximo lançamento.

Qual é a diferença entre um produto e um projeto?

Para entendermos as duas funções, primeiro, vamos ver as diferenças entre um produto e um projeto.

  • Produto é algo que satisfaz as necessidades de um grupo específico, conhecido como público-alvo. Um produto pode ser qualquer coisa desde um software a uma joia, ou até mesmo um serviço como de consultoria. Cada produto passa por um ciclo de vida, desde o seu desenvolvimento, testes de mercado até, finalmente, o lançamento. 

  • Projeto, por outro lado, é um conjunto de tarefas com a finalidade de alcançar uma meta específica. Projetos devem ter resultados e entregáveis, que podem ser desde a reformulação de um site à criação de novos processos internos. 

Como pode ver, há diferenças consideráveis entre produto e projeto. Agora, também é importante entender as diferenças entre os dois sistemas como um todo.

O que é gestão de produtos?

A gestão de produtos tem o objetivo de supervisionar o desenvolvimento dos produtos da organização. Isso inclui administrar cada aspecto do ciclo de vida do produto, desde a etapa de análise à gestão de lançamento

O que é gestão de projetos?

A gestão de projetos ajuda as equipes a organizar, monitorar e executar o trabalho de um projeto. Isso inclui gerir as partes interessadas, as tarefas e o progresso, acompanhar o projeto até a sua conclusão e implementar as ferramentas necessárias para o sucesso. A gestão de projetos também tem o foco na colaboração em equipe, incentivada através de ferramentas e jogos para entrosamento da equipe

Leia: Quais são as vantagens da gestão de projetos?

Gestor de produto vs. gestor de projeto

Como pode perceber, produtos são bem diferentes de projetos. O mesmo acontece com as funções de gestor de produto e gestor de projeto.

Gestor de produto vs. gestor de projeto

Em geral, um gestor de produto passa o tempo supervisionando as necessidades de um produto. Isso inclui coordenar com a equipe de desenvolvimento, priorizar os lançamentos de diferentes produtos e criar estratégias de produto. 

Exemplo de um dia na vida de um gestor de produto: 

O dia começa com a resolução de problemas na implementação do produto e a anotação destes problemas no registro de riscos. Após a conclusão bem-sucedida do produto, o gestor de produto se comunica com o gestor de projeto para sugerir novas iniciativas de produto. Em seguida, confere mais uma vez se os seus produtos cumprirão a meta de aumentar as vendas em 5%, antes de prosseguir. 

O gestor de projeto passa o tempo supervisionando as necessidades do projeto, o que inclui conduzir reuniões de lançamento, resolver problemas para cumprir os objetivos do negócio e executar o trabalho a fim de atingir as metas do projeto dentro do prazo.

Exemplo de um dia na vida de um gestor de projetos. 

O gestor começa o dia conduzindo uma reunião de equipe sobre o novo projeto que está por vir. Depois de enviar as notas da reunião, ele verifica o progresso do lançamento de produto atual e constata que está um pouco atrás do cronograma que ajudou a estimar. Ele entra em contato com o gestor de produto para falar sobre isso e oferecer ajuda. 

Leia: Gestor de programas vs. gestor de projetos: principais diferenças

O que é um gestor de produto?

A função de um gestor de produto é estratégica por natureza e requer pesquisa de mercado e pensamento global para ser bem-sucedida. Também consiste em propor ideias, precificação e métricas de sucesso para novos produtos. Por isso, essa função é semelhante ao do gestor de programas, que tem o foco no desenvolvimento de estratégias para alcançar as metas do negócio. 

O que é um gestor de produto?

Como dono de um produto, o gestor de produto deve ter habilidades de visão, priorização e suporte ao cliente estratégicos. Também deve ter experiência em conduzir os fluxos de trabalho para marketing do produto e o atendimento às necessidades do cliente.

Além dessas habilidades, também é importante que o dono de um produto seja capaz de resolver desafios, como falhas no produto e prazos apertados. 

O que um gestor de produto faz?

O gestor de produto possui diversas tarefas relacionadas aos produtos, como coletar dados de produtos e usá-los como base para novos lançamentos. 

Problemas podem surgir, assim como em qualquer novo produto ou projeto, então também é necessário que os gestores de produtos saibam resolvê-los de forma estratégica. Isso pode ser feito com um processo de controle de mudanças, que ajuda a documentar e acompanhar as mudanças no projeto.

Outras tarefas que um gestor de produto supervisiona incluem:

  • Coletar dados de satisfação dos clientes: reunir os dados através de avaliações e pesquisas pode ajudar o gestor a conduzir o desenvolvimento e medir o sucesso do produto. 

  • Criar um roteiro do produto: o roteiro define a estratégia, as prioridades e o progresso de um produto ao longo do tempo, e ajuda o gestor a organizar os entregáveis.

  • Resolver os obstáculos no plano do produto: obstáculos como ineficiências de tempo e a falta de recursos podem comprometer a data de conclusão. 

  • Priorizar os lançamentos dos produtos: ao haver vários lançamentos simultâneos, os gestores de produto precisam priorizá-los com base nas receitas, taxas de sucesso e necessidades do projeto. 

  • Manter-se a par das tendências do mercado e da concorrência: ao prever as necessidades do produto com base em pesquisas de mercado, a sua organização estará preparada para o sucesso. 

  • Gerir o backlog dos lançamentos de produtos: o backlog de produtos é um registro das mudanças do produto, novos recursos e problemas no desenvolvimento. Ele ajuda a documentar e comunicar as inconsistências durante um novo lançamento. 

Os tipos de tarefas que precisam ser concluídas dependerão do volume de lançamentos de produtos realizados pela sua organização e do tamanho da sua equipe de produto. 

Desafios do gestor de produto

O gestor de produto enfrenta muitos desafios relacionados aos produtos, já que o desenvolvimento e o lançamento de novos produtos podem ser complexos. Alguns desses desafios são: trabalhar com várias equipes, monitorar o progresso e obter os recursos necessários. 

Outros desafios que um gestor de produto pode enfrentar incluem:

  • Corrigir falhas de produtos: se um produto está gerando um resultado inferior ao esperado, cabe ao gestor de produto realizar alterações ou remover o produto por completo. 

  • Lidar com a comunicação entre os departamentos: o lançamento de um produto requer várias equipes trabalhando em conjunto, o que torna fundamental manter uma comunicação clara com todos os participantes. 

  • Seguir um prazo apertado de lançamento de produto: lançamentos de produto são complexos, portanto, é importante que os gestores de produto sigam o cronograma para evitar atrasos. 

  • Trabalhar com fornecedores de matéria-prima: o gestor de produto tem o dever de se comunicar com os fornecedores e adquirir os materiais necessários de forma contínua.

Até mesmo um excelente gestor de produto enfrentará desafios semelhantes de vez em quando. Felizmente, a maioria tem a oportunidade de trabalhar com um gestor de projeto, que pode ajudá-los a delegar, monitorar e assegurar que o produto chegue ao lançamento. 

O que é um gestor de projeto?

O gestor de projeto é responsável por fragmentar as tarefas e metas estratégicas do projeto em iniciativas realizáveis. Essa função consiste na coordenação, colaboração, comunicação e gestão de dependências de projetos complexas e de recursos de equipe. 

O que é um gestor de projeto?

Como o gestor de projeto é o responsável final pelo cumprimento das metas do projeto, ele precisa, muitas vezes, enfrentar responsabilidades tais como definir o escopo, planejar a capacidade, administrar as partes interessadas e manter a equipe informada através dos relatórios de status do projeto. Isso exige do gestor a capacidade de superar desafios, como atender aos objetivos do negócio e resolver as mudanças no projeto.

O que um gestor de projetos faz?

O gestor de projetos tem diversas tarefas relacionadas ao planejamento, implementação e monitoramento do desempenho do projeto. Ou seja, todas as iniciativas envolvidas no ciclo de vida do projeto e as cinco etapas da gestão de projetos

Outras tarefas que um gestor de projetos supervisiona são:

  • Comunicar-se com os membros da equipe: gestores de projeto precisam ter boas habilidades de comunicação para se conectar e colaborar com várias equipes. 

  • Implementar e ser responsável por ferramentas de gestão de projetos: as ferramentas de gestão de projetos auxiliam na evolução dos projetos através do monitoramento do progresso e da melhor visibilidade das atividades e dos prazos de cada um. O gestor de projetos possui e controla essas ferramentas. 

  • Delegar e acompanhar as tarefas do projeto: a delegação de tarefas consiste em atribuir, acompanhar e supervisionar as tarefas até a sua conclusão. 

  • Monitorar os indicadores-chave de desempenho das estratégias que contribuem para os objetivos do negócio: gestores de projetos são responsáveis por monitorar o desempenho do projeto e assegurar que ele esteja no caminho certo para cumprir os objetivos do programa. 

  • Definir o escopo dos recursos e prioridades do projeto: antes do início do projeto, os gestores realizam a análise de escopo dos recursos e prioridades para determinar a relevância do projeto.

  • Conduzir reuniões de equipe: organizar e conduzir reuniões é importante para o planejamento estratégico e definição de escopo. Dependendo da complexidade do projeto, o gestor pode fazer uma reunião de início de projeto, rápidas reuniões diárias ou atualizações quinzenais. 

  • Compartilhar o cronograma do projeto: gestores de projetos compartilham as previsões de prazos por meio de uma ferramenta de cronograma ou diagrama de Gantt para que toda a equipe permaneça alinhada. Essa previsão pode ser feita através do método do caminho crítico, que ajuda o gestor a calcular o tempo usando uma fórmula específica.

A função do gestor de projetos foca a identificação e gestão dos processos para organizar melhor as prioridades, aumentar a eficiência e gerar clareza organizacional.

Leia: 25 habilidades essenciais à gestão de projetos para obter êxito

Desafios do gestor de projetos

A gestão de projetos pode ser uma função complexa, e os gestores enfrentam desafios semelhantes aos dos gestores de produto. A diferença é que um tem o foco na solução de problemas do projeto, enquanto o outro, nos problemas relacionados ao produto.

Alguns desafios que um gestor de projetos pode enfrentar são:

  • Identificar e monitorar os riscos: gestores de projetos são responsáveis por obter um registro de riscos para monitorar e mitigar os possíveis riscos do projeto.

  • Manter os projetos em dia: é importante monitorar o cronograma e os entregáveis dos projetos para que os objetivos maiores do negócio sejam alcançados.

  • Trabalhar com os gestores de produtos e de programas: gestores de projetos devem trabalhar próximos às outras equipes para assegurar a consistência nas diversas iniciativas.

  • Resolver as mudanças no projeto: assim como os riscos, as mudanças também devem ser monitoradas pelos gestores de projetos, para manter os participantes informados. 

  • Manter-se a par das tendências do mercado: os gestores de projeto devem estar à frente com as novas ferramentas e recursos para otimizar os processos e melhorar a eficiência da equipe

Os desafios enfrentados serão diferentes dependendo do tamanho e da complexidade da sua organização. As responsabilidades do gestor de projetos também podem variar, dependendo se ele colabora ou não com um gestor de produtos ou de programas. 

Experimente a Asana para a gestão de projetos

Qual é a função mais adequada para a sua equipe?

A função ideal para a equipe depende das iniciativas e objetivos que a sua organização pretende alcançar. Ao passo que o gestor de projeto conduz os projetos, monitora o progresso e faz a ponte entre as lacunas de comunicação, é necessário um gestor de produto para criar estratégias de lançamento de produtos, coordenar com as equipes de desenvolvimento e produção e inovar o portfólio de produtos. 

Qual é a função mais adequada para a sua equipe?

Veja a seguir algumas situações que a sua equipe pode estar enfrentando para determinar qual função é mais adequada para ela.

Situação 1: a sua equipe tem dificuldade de lançar constantemente novos produtos e manter a eficiência da produção?

Solução: um gerente de produto pode elaborar estratégias para novos produtos e coordenar com as equipes de produção e de operações para assegurar o cumprimento dos prazos. 

Situação 2: a sua equipe tem dificuldade de manter os projetos em dia e de se comunicar em relação às mudanças no projeto e objetivos principais?

Solução: um gestor de projetos pode supervisionar os entregáveis e alocar os recursos, além de manter a equipe informada sobre as mudanças no plano do projeto.

Caso a sua equipe esteja com dificuldades nos dois casos, incluir na equipe um gestor de programas e um gestor de projetos pode resolver os problemas relacionados aos produtos e projetos. 

Elabore o seu plano estratégico com um gestor de projeto ou de produto

Tanto o gestor de produto quanto o gestor de projeto pode ajudar a organizar iniciativas, conectar os membros da equipe e fazer a organização progredir. A melhor solução é determinar quais são as metas mais importantes e escolher o gestor que corresponda a estes objetivos. 

Planeje e faça a gestão de roteiros e lançamentos de produtos em um único lugar com os modelos da Asana.

Modelos gratuitos para equipes de produto

Recursos relacionados

Artigo

15 project management interview questions, answers, and tips