Seis tendências de marketing a ficar de olho em 2020

Como os líderes de marketing conseguem manter suas marcas à frente da concorrência

Para se manterem relevantes e eficazes, os profissionais de marketing devem permanecer na vanguarda das tendências dinâmicas dos consumidores. Como é que os clientes em potencial tomam as decisões de compra? Onde obtêm as suas informações? A quem consultam em busca de conselhos?

Com novas tecnologias e comportamentos de compra, 2020 tem tudo para ser um ano interessante em termos de marketing. Veja aqui seis tendências a acompanhar para que você e a sua equipe se mantenham no topo.

Três tendências que estão impactando as estratégias das equipes de marketing

Os novos canais de marketing e comportamentos de compra indicam que as equipes de marketing precisam repensar a estratégia e forma de apresentação de suas campanhas para captar a atenção do seu público-alvo de maneira eficaz:

1. Experiências de clientes coesas

Os clientes esperam encontrar uma experiência individualizada e sob medida que atenda às suas necessidades. Por sua parte, os profissionais de marketing devem evitar olhar através de uma ótica focada exclusivamente nos aspectos da campanha, porque os clientes não interagem com as marcas de uma só maneira ou por meio de um único canal. Os profissionais devem compreender muito bem determinadas interações-chave ao longo da jornada dos clientes e focar numa experiência completa, em vez de se dedicar apenas a campanhas pontuais.

2. A omnicanalidade inclui agora a Internet das Coisas (IoT)

A Internet das Coisas (IoT, na sigla em inglês) ganhou força nos últimos anos, e está agora amplamente acessível (pense em Alexa e Siri). De acordo com um artigo por McKinsey & Company, um crescimento contínuo e um maior número de aplicações para a tecnologia tornaram a IoT predisposta para uma adoção generalizada nos próximos um ou dois anos. Isso significa que os profissionais de marketing devem começar a pensar como vão incorporá-la nos seus programas para que a omnicanalidade do marketing inclua todos os canais que os potenciais clientes já estiverem usando.

3. Marketing de conversação

Em vez de orientar as pessoas para formulários de captura de leads e ficar à espera dos resultados, o marketing de conversação usa mensagens direcionadas e bots de conversação inteligentes para interagir com as pessoas quando visitam os sites. Os novos bots de conversação inteligentes usam aprendizagem de máquina e processamento de linguagem natural para que os clientes encontrem uma comunicação interativa e bidirecional com a marca. A mudança de uma forma de marketing assíncrona para conversas em tempo real traz consigo uma importante curva de aprendizado à medida que o marketing de conversação conquista terreno em 2020.

3. Três estratégias que estão influenciando como as equipes de marketing operam

Para tirar o maior proveito possível das novas tendências para 2020, os líderes de marketing devem considerar a implementação das seguintes estratégias para executar campanhas bem-sucedidas e maximizar os resultados:

1. Aderir ao marketing ágil

Como o próprio nome sugere, o marketing ágil consiste numa abordagem inspirada no desenvolvimento de software ágil (metodologia Agile). É uma maneira de trabalhar que envolve iterações rápidas em lugar de um projeto ou iniciativa de grande impacto. Ele enfatiza a colaboração simultânea em detrimento das ilhas de informação e estruturas hierárquicas, e está projetado de forma que os profissionais de marketing possam responder mais facilmente às mudanças. Ao fazer a transição para o marketing ágil, as equipes frequentemente se deparam com a necessidade de usar soluções de gerenciamento do trabalho que possam operar não só os projetos, como também os processos de trabalho.

2. Desenvolver um melhor alinhamento das equipes

Os líderes de marketing estão investindo em ferramentas que ajudem a transformar suas estratégias em programas e campanhas viáveis. Tais ferramentas devem centralizar o trabalho, para que todos, incluindo as equipes multifuncionais, fiquem mais alinhados quanto aos planos, responsabilidades individuais e objetivos de curto prazo, sem descuidar da estratégia de negócio de longo alcance.

3. Aperfeiçoar a colaboração entre a equipe interna e os recursos externos

À medida que a escassez de talentos se prolonga para cargos cruciais, os líderes de marketing começam a recorrer a terceirizados e agências em busca de apoio. Com isso, passam a implementar soluções de gerenciamento do trabalho que facilitem a colaboração entre as equipes internas e os novos parceiros externos, de forma a manter a todos em sincronia em relação aos objetivos, programas de trabalho e planos de ação.

Baixe o índice Anatomia do trabalho para ficar a par de outras tendências laborais